Twitter Facebook Linkedin
Home » Snapshot » O varejo é digital e ponto

O varejo é digital e ponto

Artigo da Série: Varejo Brasileiro e o Mundo Digitalizado por Cláudio Santos

Esse foi o ponto principal do BigShow 2015, 104ª edição do evento da NRF, reunindo mais de 30 mil pessoas, das quais mais de 1.800 brasileiros.

Evento permeado por frases como a de Matthew Shay, Presidente da NRF, “a revolução digital é a maior mudança do varejo mundial dos últimos 25 anos. É um caminho sem volta e daqui para frente o consumidor será cada vez mais digital”.

Ficou claro que não tem a ver com o fim da loja física e números não faltaram para explicar a percepção dessa inegável tendência. Nos EUA, 78% das vendas são feitas nas lojas. 84% destas são influenciadas por um dos “touchpoints” digitais. 75% afirmam que informações sobre produto vistas nas redes sociais, influenciam o comportamento de compra e aumentam a fidelidade a marca. 84% dos consumidores afirmam que antes de fazer uma compra na loja, utilizam o digital para melhorar a experiência. Consumidores que se engajam com a marca no digital, são 21% mais rentáveis do que aqueles que usam apenas um canal da marca. Conheça mais sobre o que aconteceu pelo http://bigshow15.nrf.com.

E a NFC-e (cupom eletrônico), nada a ver com varejo digital, né? Será?!

Os brasileiros apresentam cada vez mais os sintomas. Vejam as legislações: a NFC-e com mais de 100 milhões de cupons digitais emitidos por mais de 15 mil empresas em todo país. Segundo Gartner a venda de tablets estima crescimento de 8% com 233 milhões de unidades e acreditem, isso representa desaceleração, como explicado por Ranjit Atwal, diretor de pesquisa da Gartner, justificado pelo aumento do tempo de vida útil dos aparelhos e a falta de inovações em hardware. Agora com os smartphones, segundo pesquisa da Opinion Box a pedido de Mobile Time… o m-commerce é representado por 49,7% de brasileiros que já experimentaram a compra de bens físicos por meio de aparelhos móveis.

É preciso falar mais? Tenho certeza que não porque você já está pensando. – o que eu como varejista tenho feito para me preparar? E eu como consumidor estou perdendo não sendo tão digital ainda, risos…

Pois bem: Já fez uma compra em que antes consultou o produto ou serviço na internet? Já criou uma página no Facebook para sua loja? Já acessou a internet de seu dispositivo móvel de dentro da loja antes de decidir a compra? Já comprou ou vende por e-commerce? Já postou foto de um produto comprado? Já curtiu uma compra ou anúncio de um varejista qualquer? Então você é um consumidor e/ou varejista digital…

Sentiu a necessidade de um glossário? Não fique preocupado, no próximo artigo explicamos mais na nossa série: O Varejo Brasileiro e o Mundo Digitalizado por Cláudio Santos.

Até a próxima!