Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » Fim do ExtraHiper beneficia Carrefour

Fim do ExtraHiper beneficia Carrefour

 Com o encerramento das atividades do Extra Hiper pelo GPA, os clientes que compravam na bandeira migraram, principalmente, para as operações do Grupo Carrefour

Por Redação

 Com o encerramento das atividades do Extra Hiper pelo GPA, os clientes que compravam na bandeira migraram, principalmente, para as operações do Grupo Carrefour. Segundo dados da Varejo 360, especializada em pesquisas de mercado e de preços, o Carrefour teve um ganho de 8,2 pontos percentuais (p.p.) em participação no estado de São Paulo. Em pocket share (fatia do bolso do consumidor), a companhia passou de 18,4% entre julho e novembro de 2021 (antes da venda), para 22,5% durante a transição (dezembro de 2021 e janeiro de 2022) e 26,6% entre fevereiro e abril deste ano – após a venda dos pontos do Extra Hiper para o Assaí Atacadista. No mesmo período, outras redes tiveram ganhos menores. As demais bandeiras do GPA e o próprio Assaí, por exemplo, cresceram 0,5 p.p. e 1,4 p.p., respectivamente. De acordo com o estudo, outros concorrentes somam avanço de 9,5 p.p..

Mudanças Afetam Canal Alimentar
  As informações da Varejo 360 destacam, ainda, que a transação afetou a participação do formato de hipermercado no canal alimentar brasileiro, com uma perda de participação de 14,6 pontos percentuais no período pós-venda, passando de 33% para 18,4%. Com isso, os segmentos de supermercado e cash & carry foram os principais beneficiados, com avanços de 8 p.p e 5,2 p.p., respectivamente. Minimercados avançaram 0,5 p.p. e “outros formatos”, 1 p.p. Do total de 70 pontos que pertenciam ao Extra e serão convertidos em Assaí, a pesquisa avaliou as 27 lojas localizadas no estado de São Paulo. O levantamento abrange 11.556 shoppers, que gastam R$ 78 milhões e fazem 582.857 visitas ao autosserviço, em 7.076 pontos de venda.

A Estratégia do Carrefour
  Em entrevista exclusiva ao Jornal Giro News, Geraldo Monteiro, Diretor de Operações do Grupo Carrefour Brasil, afirmou que a companhia já tinha expectativa de aumentar sua fatia de mercado no início deste ano. Além de um movimento natural após as mudanças de mercado, também seriam realizados investimentos em seus hipermercados, para alavancar esse crescimento. “O Extra era uma bandeira forte no mercado. Os clientes que estavam com o Extra gostam do modelo hipermercado e queremos que eles elejam o Carrefour Hiper para promover essa troca. Concentraremos esforços nas lojas mais próximas aos fechamentos, tirando dúvidas dos consumidores e oferecendo melhores condições financeiras”, destacou o executivo. O Carrefour opera 100 hipermercados em 13 estados e no Distrito Federal.

Fonte: Giro News