Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » Varejo ganhará mais dinamismo com novo PIX

Varejo ganhará mais dinamismo com novo PIX

Sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central é caminho sem volta, na opinião de Helio Biagi, da SBVC

A chegada do novo sistema de pagamentos instantâneos, o PIX, é uma inovação necessária e um caminho sem volta para o mercado brasileiro, que ganhará mais dinamismo e agilidade. Essa é a opinião de Helio Biagi, presidente do Conselho Deliberativo da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC). Para ele, esse é um movimento do qual o varejo não pode ficar de fora.

“Dentro de um ambiente de transformação digital, que vem inclusive sendo estimulado pelos consumidores nesta pandemia, o varejo ganha muito ao aderir ao PIX e passar a realizar transações financeiras instantaneamente”, afirma o executivo. Para Biagi, porém, a adoção do PIX não acontecerá no mesmo ritmo em todo o País. “Assim como aconteceu com o uso de cheques, com os cartões de débito e com as transações via aplicativo, o PIX também será adotado primeiro nas cidades maiores. Conforme o consumidor vai ampliando sua cultura digital, mais ele usará o pagamento instantâneo”, acredita.

Com entrada em operação prevista para o dia 16 de novembro, o PIX permitirá a transferência de fundos 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano, de pessoas para pessoas, para empresas e para o governo. Com isso, na prática substituirá as operações de TED e DOC, a um custo muito menor. Em live realizada nesta terça-feira (07/07), o Banco Central informou que para os clientes as transações no PIX serão gratuitas e custarão R$ 0,001 para os bancos.

As transações serão concretizadas por meio de QR Codes ou de links de pagamento. “O PIX vai ajudar a bancarizar a população ainda fora do sistema financeiro e formalizar empresas e empreendedores hoje informais”, diz Biagi. Em uma fase posterior, o sistema de pagamentos permitirá que os consumidores façam saques diretamente nas lojas de varejo, criando uma nova dinâmica para a circulação de recursos, especialmente em regiões com menor concentração de agências bancárias.

Sete características que tornam o PIX único

Sete fatores fazem com que o PIX represente uma grande inovação no sistema brasileiro de pagamentos:

  • Velocidade: 99% das transações financeiras serão realizadas em até 10 segundos e os recursos serão disponibilizados imediatamente para o recebedor.
  • Disponibilidade: o PIX realiza transações a qualquer hora, todos os dias da semana, incluindo feriados.
  • Multiuso: a flexibilidade do sistema se propõe a atender qualquer tipo de demanda das instituições financeiras.
  • Conveniência: fácil de usar e gerenciar, o sistema é também é prático. As transações acontecem no próprio celular do cliente, por meio de um QR Code ou link de pagamento.
  • Informações agregadas: o PIX permite que as ordens de transferência financeira carreguem consigo um conjunto de informações agregadas para identificar melhor as transações e os negócios atrelados a elas. Isso potencializa a automação de processos e a conciliação de pagamentos.
  • Segurança: recursos de autenticação de usuários, prevenção de fraudes e possibilidade de limitação de valor das transações trazem mais segurança para o sistema.
  • Ambiente aberto: o PIX é aberto à participação de empresas de diversas naturezas, o que aumenta a competitividade e a inovação. Atualmente, 980 instituições financeiras já solicitaram adesão ao sistema.

 

Confira aqui a íntegra da live do Banco Central sobre o PIX.

 

Fonte: Redação SBVC