Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » Espaçolaser deve adquirir mais 50 franquias até o 3º tri

Espaçolaser deve adquirir mais 50 franquias até o 3º tri

Na semana passada, empresa anunciou a aquisição de duas empresas responsáveis pela operação de 10 unidades franqueadas

Por Erica Martin

O Goldman Sachs informou em relatório que espera que a Espaço Laser busque a aquisição de mais 50 lojas franqueadas até o terceiro trimestre deste ano, em linha com as promessas da oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). A empresa é especializada em depilação a laser.

“O negócio está alinhado com a estratégia anunciada da administração de usar os recursos do IPO para financiar a aquisição de alguns franqueados”, explicaram os analistas Irma Sgarz, Felipe Rached e Chandru Ravikumar.

Ontem, a empresa anunciou a aquisição de duas empresas responsáveis pela operação de dez lojas franqueadas por R$ 35,6 milhões, completando ao todo 28 aquisições até agora.

Isso porque, no início do mês a empresa de estética já havia informado a compra de 18 lojas do grupo EL Bahia por R$ 110 milhões.

“Esperamos que a empresa pague outros cerca de R$ 125 milhões pelas 50 lojas restantes (R$ 2,5 milhões por loja), totalizando o restante de R$ 270 milhões para 78 lojas”, explicou a equipe do Goldman.

A companhia arrecadou R$ 1,15 bilhão em sua oferta inicial, a maior parte será usada, de acordo com a empresa, para a aquisição de lojas franqueadas (ou participações minoritárias em empresas que operam essas lojas).

“O principal motivo por trás dessa estratégia é a simplificação das estruturas de propriedade, agilizando os processos de ‘back-office’ e gerando ganhos de eficiência”, explicou a equipe do Goldman.

Além disso, para o banco de investimento, as aquisições também podem permitir que a companhia se expanda em regiões específicas em um ritmo mais profundo ou mais rápido do que os respectivos franqueados.

A equipe do Goldman disse acreditar que, após concluir a aquisição proposta de lojas franqueadas, o foco da empresa mude para a execução do plano de expansão anunciado anteriormente, que implica em um aumento médio anual de 17% na base de lojas nos próximos três anos.

“Projetamos 125 aberturas orgânicas [por crescimento operacional] líquidas para 2021 no conceito Espaco Laser, mas reconhecemos que pode haver um risco na estimativa, uma vez que a administração indicou uma meta próxima a 130. No primeiro trimestre de 2021, a empresa havia garantido 84 locais para possíveis aberturas de lojas no ano”, informaram os analistas do banco de investimento.

O Goldman Sachs manteve recomendação de compra para os papéis da companhia e preço-alvo em R$ 22.

Fonte: Valor Ecônomico