Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » Carrefour é primeiro varejista francês a utilizar IA na otimização do abastecimento

Carrefour é primeiro varejista francês a utilizar IA na otimização do abastecimento

Um dos principais retalhistas alimentares do mundo tornou-se o primeiro retalhista francês a usar a inteligência artificial para optimizar os seus processos da cadeia de abastecimento.

O grupo Carrefour anunciou em comunicado esta semana que, como parte de um orçamento de investimento anual de € 2 mil milhões incluídos no plano de transformação “Carrefour 2022”, a cadeia de abastecimento da empresa seleccionou a solução de IA Viya desenvolvida pela SAS. O Carrefour vai implementar um período experimental de 18 meses e utilizará a solução SAS para recolher e processar dados de suas lojas, armazéns e sites de comércio electrónico. Isto vai permitir que a empresa consiga prever a procura e melhore os pedidos aos fornecedores.
“A implantação da plataforma SAS vai ajudar-nos a optimizar a cadeia de abastecimento”, afirma Franck Noël-Fontana, director de planeamento do Carrefour France. “Ao libertar tempo para as equipas, a inteligência artificial vai permitir-lhes concentrarem-se no desenvolvimento de estratégias de previsão diferenciadas e melhorar a resposta às expectativas dos clientes, reduzindo o desperdício”.

Esta implementação da IA é a primeira no sector do retalho em França. O Carrefour vai tirar partido das capacidades multicanal e de optimização de inventário do SAS Viya para reduzir o desperdício e criar valor. “A IA também vai permitir que pessoas em novas trabalhem paralelamente em tarefas de planeamento avançado”, afirma o Carrefour. “Optimizando o trabalho das equipas de fornecimento e planeamento, a plataforma SAS pode processar uma variedade de dados do sistema de informações da Supply Chain do Carrefour.

Também tornará as equipas mais ágeis, permitindo que integrem novos métodos de trabalho e melhorem continuamente seus processos de previsão. A solução de IA aberta do SAS também permite aos profissionais do Carrefour a oportunidade de desenvolver seus próprios algoritmos personalizados para responder às suas necessidades específicas. ”

Fonte: Logística Moderna