Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » Wi-Fi aumenta tíquete médio do Habib’s em até 40%

Wi-Fi aumenta tíquete médio do Habib’s em até 40%

O Habib’s começou a implementar Wi-Fi com analytics em sua rede de restaurantes este ano, chegando a 70 lojas com o serviço. A intenção é obter informações de quem entra, quanto tempo fica, o que consome e, com base nesses dados, descobrir quais ofertas podem ser usadas para gerar cross selling. A iniciativa também permite que o restaurante saiba o que o cliente ainda não consumiu e envie ofertas  via pushes (SMS ou mesmo uma notificação do Wi-Fi). A expectativa é que com esta tecnologia o ticket médio das lojas aumente entre 35% e 40%.

O projeto do Habibs foi apresentado pela integradora Telesul, durante o evento Aruba Atmosphere. O projeto utiliza infraestrutura de rede Aruba e plataforma de análise de dados da Skyfii, e foi implementado pela integradora Telesul. Reinaldo Delgado, sócio e um dos diretores da empresa, explica que, como a rede de restaurantes conta com serviço de garçom, o cliente se senta em uma mesa e faz seu pedido. Dessa forma, é possível cruzar a informação do pedido com o local em que ele está sentado, sabendo exatamente o que foi e o que não foi pedido.

“A partir daí, o sistema envia um push oferecendo uma sobremesa que não foi pedida antes”, diz. Ele lembra que o acesso à rede wireless é validada através de redes sociais, permitindo que se saiba quem é o cliente. “Ao sair do restaurante, o Habib’s ainda pode gerar um cupom de desconto personalizado com base nas preferências de cada cliente”, lembra.

Em questão de segurança e privacidade dos dados, Delgado diz que o sistema do Wi-Fi roda com base no Marco Civil da Internet (MCI), retendo informações de quem acessa, o que acessa e por quanto tempo, em local acessado somente por medida judicial. Já sobre a Lei de Proteção de Dados Pessoais (LPDP), ele explica que a responsável por isso é a plataforma de analytics da Skyfii, que é uma empresa europeia e já está adequada à legislação semelhante da Europa.

O projeto do Habib’s é uma tendência do varejo, um setor que “tem uma preocupação muito grande com o engajamento e fidelização”, diz Roberto Campos, também diretor e sócio da Telesul. Ele explica que as lojas são medidas por indicadores de performance com base nos números de produtos vendidos por atendimento e ticket médio de venda. De acordo com ele, esse tipo de estratégia digital gera fidelização, pois Wi-Fi traz comodidade para quem acessa e serve como canal de comunicação com o cliente, enviando mensagens de agradecimento, oferecendo promoções individuais ou até mesmo produtos gratuitamente.

Ainda segundo ele, isso faz parte da estratégia de digitalização oferecida pela Telesul, que busca o engajamento do cliente. Por isso, a empresa conduz estudos de como extrair mais valor de redes Wi-Fi. Em shoppings, por exemplo, a integradora faz testes para mapear a quantidade de pessoas e por onde passam, mesmo sem estarem conectadas ao Wi-Fi.

“Através do sinal da rede, é possível identificar que existe um celular (sem saber a quem pertence) e descobrir por ele percorreu”, explica. Essas informações permitiriam dar uma visão melhor de valorização de determinadas áreas do shopping e, com o acesso ao Wi-Fi, chegaria a ser possível influenciar o consumidor a ir em determinado corredor, através dos pushes.

Enquanto os estudos ainda não são concluídos, a integradora continua com sua oferta de usar a rede wireless para trazer melhor experiência ao cliente e justificar o investimento através do maior engajamento. No Habib’s, a ideia vem dando certo e a expectativa é que o projeto alcance todos os 320 restaurantes até o final de 2019.

Fonte: IPNews