Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » Supermercados dão exemplo e se engajam em ações sociais

Supermercados dão exemplo e se engajam em ações sociais

Campanha de vacinação contou com apoio de redes no Rio de Janeiro enquanto supermercados de Portugal recolheram alimentos para doação

Os supermercados são democráticos e recebem diariamente todos os perfis de consumidor. Por isso, algumas redes decidiram contribuir para a campanha de vacinação contra a gripe deste ano. A ação realizada no último dia 30 de maio em supermercados do Rio de Janeiro teve como objetivo ajudar a atingir a meta nacional de imunização da população.

As redes SuperPrix, Campeão e Princesa foram parceiras da Secretaria Municipal de Saúde e da Associação dos Supermercados do Estado do RJ (Asserj) nesta ação para atender grupos prioritários no horário entre 9h e 16h. Foram imunizados crianças de seis meses a 6 anos incompletos, gestantes, trabalhadores de saúde, professores, funcionários do sistema prisional e da força de segurança e salvamento, como bombeiros, policiais militares e guardas municipais. Além destes perfis, os supermercados também recebem portadores de doenças crônicas mediante apresentação de prescrição médica que comprove. O objetivo desta ação era ajudar a atingir as metas de vacinados nos Estados brasileiros, já que de 10 de abril à 21 de maio, somente 63% do público-alvo estava imunizado.

Doações portuguesas

As ações sociais realizadas com a ajuda dos supermercados não são exclusividade do Brasil. Em Portugal, os supermercados também participaram de uma campanha promovida pelos Bancos Alimentares Contra a Fome. Nos moldes de outras campanhas anteriores no país, a campanha recolheu alimentos em supermercados com o objetivo de ajudar as famílias portuguesas carentes.

Esta iniciativa também contou com a ajuda da população, que pode contribuir com qualquer tipo de alimento. Os voluntários, devidamente identificados com a camisa da ação, foram pessoalmente aos supermercados convidando as equipes dos supermercados a participar. Além disso, o Banco Alimentar Contra a Fome recebeu contribuições online entre os dias 23 de maio e 2 de junho, no site da ação.

Outra forma de engajar o consumidor na campanha foram as compra de vales-alimentação, disponíveis nos caixas dos supermercados, convertidos de acordo com sua identificação alimentar.

Fonte: Apas