Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » Netshoes reduz impacto ambiental

Netshoes reduz impacto ambiental

Companhia diminui consumo energético; 80% de suas embalagens já são oxi-biodegradáveis e as 20% restantes são de papelão reciclável

Preocupada com a crescente degradação do meio ambiente, a Netshoes busca fazer sua parte por meio de iniciativas que minimizam o impacto energético e ambiental, mesmo com o aumento do número de pedidos ano após ano.

As embalagens sustentáveis já são utilizadas há mais de três anos e, neste ano, a empresa já enviou mais de 80% de seus pedidos em embalagens oxi-biodegradáveis. “Sabemos que as embalagens, inevitavelmente, aumentam a produção de lixo, por isso, a Netshoes buscou opções que mantivessem o padrão de qualidade para o cliente e que não fossem prejudiciais ao meio ambiente”, afirma Graciela Kumruian, COO da Netshoes.

Coleta seletiva também faz parte das iniciativas verdes da empresa. Só em 2018, 513 toneladas de papelão já foram reciclados pela Netshoes, o que seria equivalente a lotar um estádio de futebol. A companhia ainda conta com reservatórios de água para reuso, destinados à limpeza de escadas, calçadas e outras áreas comuns em suas unidades.

A cidadania também é uma preocupação constante da Netshoes, que adota uma rígida política interna de homologação para todos os fornecedores das marcas internas. A medida visa o combate à exploração de crianças e ao trabalho degradante e até mesmo escravo, de forma que não sejam comercializados produtos que se utilizem destes meios ilegais.

No consumo de energia, a Netshoes também se destaca. Apesar de alguns turnos estendidos dentro dos Centros de Distribuição, a empresa contou com a conscientização dos colaboradores e com a boa gestão para diminuir 4% do consumo de energia (em todas as instalações no Brasil) comparado ao ano anterior, o equivalente a suprir um prédio administrativo, como o da Netshoes, por mais de um mês e meio de operação.

Paradoxalmente, o histórico de pedidos da Netshoes no Brasil apresentou alta de 6% a mais em comparação ao mesmo período em 2017, o que prova que a boa gestão de recursos e a conscientização dos colaboradores não impedem o crescimento de uma empresa. A Companhia ainda pretende adotar outras medidas para se tornar ainda mais sustentável: está em estudo uma maneira de se eliminar o uso dos copos descartáveis, com o uso de canecas, squeezes e bebedouros com jatos inclinados.

“Todas essas iniciativas são frutos da preocupação da companhia com o meio ambiente e a utilização sustentável dos recursos. Assim, como empresa de um DNA digital, temos disseminado pilares para o crescimento sustentável, como a conscientização no consumo energético e dos recursos naturais”, finaliza Graciela.

Fonte: Segs