Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » Laboratório de inovação do Pão de Açúcar analisa todo dia uma nova solução de startup

Laboratório de inovação do Pão de Açúcar analisa todo dia uma nova solução de startup

Diante de um mercado em transformação, grandes marcas do varejo, como o Grupo Pão de Açúcar, investem em inovação para agregar valor ao negócio e oferecer uma melhor experiência ao cliente. Em março deste ano, a rede firmou parceria com o Cubo Itaú, maior hub de inovação da América Latina, para fomentar startups do setor.

Em um espaço exclusivo de 40 m², chamado de GPA Lab Foodtech, o grupo mantém uma equipe de inovação dedicada para buscar novas soluções ligadas ao setor varejista. Em cinco meses, a gigante do varejo selecionou 200 potenciais startups e agendou reunião com 150 delas. Na média, todo dia uma startup se apresenta ao Pão-de-Açúcar. Com 30 delas já foram realizadas provas de conceito “Com esse teste, analisamos se temos interesse na solução da startup e se ela tem a ver conosco. Já fechamos parceria com a Energy2, PetParker e RentBrella”, exemplifica Illan Israel, head de inovação do GPA.

Segundo o executivo, as startups devem complementar o setor varejista, não necessariamente atuar nele. A PetParker, por exemplo, oferece uma casinha inteligente para os clientes deixarem seus cães e gatos enquanto fazem as compras. O serviço está disponível gratuitamente, em modelo de teste, em duas unidades do Pão de Açúcar em São Paulo. “Na maioria das vezes, realizamos parcerias com as startups, mas há casos em que fazemos investimentos também”, pontua o head de inovação

Além de servir com um espaço para prospecção de novos parceiros, o GPA Lab Foodtech também promove eventos de inovação incentivar o networking entre as startups e outras empresas do ramo varejista. “Nossa parceria com o Cubo é de longo prazo e tem como objetivo agregar valor ao nosso negócio e estimular a cultura de inovação da empresa. Trabalhamos para ser pioneiros tanto em parcerias com em tecnologia”, diz Israel.

Para Reynaldo Gama, head de operações do Cubo Itaú, firmar parcerias estratégicas que desenvolvam as habilidades já praticadas no hub é uma das prioridades da entidade — e uma grande conquista para os empreendedores.

“Reunimos todos os dias mais de 2 mil pessoas, entre residentes e visitantes para eventos, conexões com C-levels e universidades. Com isso, fortalecemos a mensagem de transformação cultural para grandes empresas e beneficiamos o mercado e os consumidores”, afirma Gama.

 

Fonte: Gazeta do Povo