Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » Brechó online de luxo recebe aporte de R$ 400 mil

Brechó online de luxo recebe aporte de R$ 400 mil

A plataforma @cansei_vendi (www.canseivendi.com.br), voltada à comercialização de produtos de luxo de segunda mão, nasceu em 2013 de uma conta criada no Instagram pela executiva Leilane Sabatini com o objetivo de vender suas peças de alta-costura paradas no closet. Diante do sucesso da iniciativa, o perfil se tornou um negócio e, atualmente, a empresa fatura R$ 60 mil por mês.

O potencial apontado pelos números de crescimento chamou a atenção de investidores, resultando em um aporte de R$ 400 mil em dezembro de 2016. “Embora nossos investidores-anjo não tenham histórico de aporte a startups, os dados de faturamento, os prognósticos e meu background executivo de mais de dez anos fez com que eles apostassem no ‘cansei’”, detalha Sabatini.

Capital para o crescimento

O aporte está sendo utilizado para desenvolver novas ferramentas para a plataforma, como a “calculadora de revenda”, em que os usuários descrevem a peça e estimam seu preço aproximado no mercado. “A ideia é facilitar a vida dos interessados em vender seus itens, oferecendo uma prévia do valor que podem receber e ajudando a ponderar se vale a pena revendê-los ou não”, explica Sabatini, acrescentando que isso agiliza os procedimentos anteriores ao anúncio.

Outra ferramenta implementada é voltada a quem já decidiu passar o seminovo adiante. Por meio dela, o internauta cadastra as informações, faz o upload das fotos e posta o produto para o @cansei_vendi avaliar suas condições e a autenticidade antes de colocá-lo à venda. Para facilitar esse processo, a marca disponibiliza postos de coleta em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte.

Além das novas funcionalidades, o marketplace também inaugurou duas novas seções: a de liquidação, com peças de preços ainda mais reduzidos – os itens do site já são, em geral, 80% mais em conta –, e a masculina. “Quem disse que homem não gosta de luxo? Eles só disfarçam bem”, brinca Leilane. “Por isso decidimos criar uma página só para eles”.

Outra iniciativa que permeia o negócio é a consciência ambiental e o incentivo ao consumo consciente, que visam à reutilização de produtos. A marca oferece a possibilidade de os anunciantes doarem até 65% do valor arrecadado a ONG’s parceiras, como Arcah, Make-a-Wish Brasil e Sietar – o @cansei_vendi também repassa uma parte de seu lucro a essas instituições.

Contando com o apoio das novas diretoras, Carol Leonhardt (marketing) e Ana Carolina Darde (operações), Sabatini pretende alcançar R$ 720 mil de faturamento em 2017. “O @cansei_vendi tem como objetivo democratizar o mercado de luxo, oferecendo produtos seminovos em boas condições para seus próximos donos esbanjarem glamour”, diz.

Fonte: E-Commerce News