Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » Gazin é a melhor empresa para se trabalhar

Gazin é a melhor empresa para se trabalhar

Prêmio GPTW NOVAREJO, concedido hoje (5), apresentou as companhias do varejo com as melhores práticas
Foi realizada hoje (5), em São Paulo, cerimônia que consagrou 24 empresas do setor de varejo ao prêmio Melhores Empresas para se Trabalhar GPTW NOVAREJO, parceria inédita da revista NOVAREJO com o Great Place To Work. A iniciativa contou com a inscrição de 61 varejistas de diversos segmentos de todo o País e é a primeira lista exclusivamente de varejo do mundo.
“O Brasil é o primeiro país no mundo a fazer trabalho específico do varejo, o que mostra a importância do segmento para a economia. Vários outros países do mundo já têm nos consultado para levarmos esse conceito de GPTW NOVAREJO para outros mercados”, disse o presidente do GPTW, Ruy Shiozawa, durante abertura do evento.
Shiozawa enfatizou que a pesquisa realizada com o varejo é a mesma feita em todo o mundo com vários setores. “No ano passado foram 6 mil empresas avaliadas, envolvendo 11 milhões de pessoas em 53 países. O Brasil, por todas essas ações inéditas, é o país com mais empresas representadas, o que faz com que estar presente no ranking seja ainda mais difícil”, disse.
Após as análises do GPTW é que foi possível chegar as 24 companhias premiadas, sendo a Gazin a primeira colocada no top 10 da premiação.
Grupo com vários braços de negócios, entre eles varejo de eletroeletrônicos e atacado, a Gazin investe forte em treinamento e desenvolvimento, valorizado por 40% do quadro, formado por 7 mil pessoas. Com R$ 2,6 bilhões de faturamento, a companhia oferece bolsas de estudos, investe em mentoring e coaching e incentiva práticas esportivas, como academia e incentivo a práticas coletivas. No último ano, 17% do quadro foi promovido e 26% demitidos.
“É normal na cultura da Gazin valorizar e torcer pelas pessoas e nada mais justo e objetivo de que torcer por elas, porque se elas dão certo, a empresa dá certo”, avalia Viviane Thomaz, gerente de Gestão de Pessoas da varejista. “É realmente uma forma de provar que é possível fazer negócios valorizando as pessoas. Que é possível fazer negócios com as pessoas”, disse, emocionada, com o prêmio na mão.
No ranking das top 10, a Magazine Luiza aparece em segundo lugar. Conhecida por investir em treinamento e desenvolvimento, com presença forte e constante da liderança, Luiza Trajano e Marcelo Silva, o superintendente, a varejisa consegue criar engajamento forte entre as equipes das mais de 700 lojas – ao todo são quase 25 mil funcionários espalhados pelo País. Por
isso, o treinamento forte, que é feito presencialmente e também via internet. O foco em treinamento e desenvolvimento é acertado: 53% dos funcionários valorizam a prática. O plano de carreira e espaço para crescer também formam as bases da varejista.
“Estamos felizes e sentimos que o prêmio é um reconhecimento do nosso trabalho e figurar entre as melhores do varejo é um orgulho pra nós”, disse Telma Rodrigues, diretora de Gestão de Pessoas da companhia, com olhos mareados. “Há 57 anos a gente vem trabalhando incansavelmente para colocar as pessos em primeiro lugar. É um reconhecimento que vem do próprio setor, que cresce. Esta é a década do varejo e a gente celebra mais esta conquista”, disse.
Em terceiro lugar na lista Melhores Empresas para se Trabalhar GPTW NOVAREJO aparece o McDonald’s, rede de restaurantes que tem nos processos a base das políticas de RH. A possibilidade de crescimento é um dos pontos mais valorizados pelos funcionários: 63% das quase 44 mil pessoas valorizam os processos de desenvolvimento e treinamento. Ao todo, a rede investe cerca de R$ 40 milhões em treinamento por ano.
“A gente sempre busca a melhor colocação, porque é uma empresa feita por pessoas e se você não cuidar do seu cliente interno pra trabalhar com o cliente externo, você não chega onde chegou”, disse Wander Ligado, diretor-regional do McDonald’s Brasil. “Desde quando a rede começou, em 55, nos Estados Unidos, o foco sempre foi as pessoas: o melhor treinamento, o melhor plano de carreira. E hoje quem fica segue. É comum ver pessoas com muito tempo de casa”, disse. O executivo é um desses exemplos, tem 30 anos de casa.
O reconhecimento não apenas celera as boas práticas, como também celebra o amadurecimento do setor de varejo, segundo Jacques Meir, diretor de Conhecimento e Plataformas de Conteúdo do Grupo Padrão, que organizou e concebeu o prêmio junto ao GPTW e que detém a revista NOVAREJO.
“Estamos aqui hoje celebrando as melhores empresas para se trabalhar no Brasil. E isso significa que nós, ao contrário do pensamento corrente, podemos oferecer ao mercado oportunidades de crescimento, desenvolvimento e inovação. Essa é a marca do varejo brasileiro”, afirmou.
“E é esse nosso objetivo: compartilhar, estabelecer vínculos e conexões, para juntos mostrarmos a importância do varejo brasileiro e o que ele pode representar para as pessoas, como consumidores, trabalhadores e colaboradores dessas empresas maravilhosas”, completou o executivo.
Completam a lista das top dez as varejistas Losango, Meu Móvel de Madeira, Todimo, Ale Combustíveis, Mercadinhos São Luiz, Dudalina e Leroy Merlin. Confira abaixo o ranking das 10 Melhores Empresas para se Trabalhar GPTW NOVAREJO – e as demais 14 empresas vencedoras, em ordem alfabética.
1º Gazin
2º Magazine Luiza
3º McDonald’s
4º Losango
5º Meu Móvel de Madeira
6º Todimo
7º Ale Combustíveis
8º Mercadinhos São Luiz
9º Dudalina
10º Leroy Merlin
Acal
Bebê Store
Comercial Zaffario
Editora Vozes
Farmácia Pague Menos
Hotel Urbano
Lojas Avenida
Lojas MM
Lojas Riachuelo
Newland Veículos
Normatel Home Center
Rede Angeloni
Shopping Recife
Zema
As inscrições para o prêmio Melhores Empresas para se Trabalhar GPTW NOVAREJO 2015 já estão abertas no site do Great Place To Work. As varejistas que quiserem participar da próxima edição devem responder a pesquisa online e entregar o culture audit até 30 de junho. Aqueles que quiserem responder a pesquisa via papel, deve fazê-lo até 30 de maio.

Revista No Varejo on-line – SP