Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » TIM inaugura loja no metaverso

TIM inaugura loja no metaverso

Trata-se de um tipo de replicação para o mundo virtual de uma loja conceito aberta no Rio de Janeiro

Por André Lopes

metaverso está, aos poucos, se tornando um lugar de interesse para as grandes marcas e empresas. Um relevante sinal disto é o desembarque da operadora TIM nas terras virtuais, que inaugura nesta quinta-feira, 27, uma loja dentro do Cryptovoxels, que funciona como plataforma de construção de metaversos.

O curioso é que o espaço se baseia em um lugar no mundo real, também inaugurado hoje. Trata-se de uma loja conceito, que teve um soft opening no final do ano passado no Barra Shopping, no Rio de Janeiro, e que, segundo a telefônica, ‘marca o início de uma nova experiência na jornada do cliente, repleta de inovação e com direito à chegada na nova camada da realidade que integra os mundos real e virtual’.

A nova loja é vista pela TIM como parte da estratégia omnichannel, no qual se tenta integrar todos os canais de atendimento ao cliente em um só. Nela, os consumidores poderá experimentar acessórios e smartphones já com a tecnologia 5G e até equipamentos para conexão de residências utilizando a banda larga fixa da TIM Live. O próprio consumidor poderá realizar atividades básicas desde consultar, imprimir, pagar faturas, adquirir planos e serviços.

Já a replicação da loja no virtual foi uma idelização da agência MetaMundi, que funciona como um crossover da Metaverse Agency, de Byron Mendes, e Dellarte Soluções Culturais, de Steffen Daueslberg. Os mesmo produtos da loja conceito estarão lá e, se o cliente decidir por realizar uma compra, será direcionado do metaverso para o site de vendas da TIM.

“Aproveitamos a abertura da flagship para marcarmos nossa entrada no metaverso. Escolhemos o Cryptovoxels pois ele é o mais habitado por marcas e, principalmente, por brasileiros. Com esse passo, faremos também com que os nossos clientes já estejam habituados ao mundo metaverso e associem a nova realidade à marca TIM”, afirma Bruno Vasconcellos, diretor de e-commerce e canais remotos da TIM Brasil.

Na TIM virtual

O espaço é dividido em duas partes: no primeiro andar, uma experiência estética similar à da loja conceito do Barra Shopping; no segundo, com acesso feito via teleporte, há um espaço “gamer”, com portfólio de produtos da TIM e de seus parceiros.

E, ainda no primeiro trimestre de 2022, será lançada uma arena de eventos virtuais com foco em música e entretenimento. Ali, por exemplo, a marca traria convidados para apresentações.

Na TIM real

O estabelecimento tem uma área para exposição de smartphones, gadgets e outros acessórios. Outra área exclusiva para atendimento ao cliente, com disponibilidade de especialistas em tecnologia para sanar dúvidas e outros consultores de atendimento. Há também um espaço dedicado para serviços oferecidos por parceiros da TIM, como Netflix, HBO, Deezer e Ampli.

Fonte: Exame