Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » Novas tecnologias de dados em redes de varejo melhoram a experiência

Novas tecnologias de dados em redes de varejo melhoram a experiência

Por Fábio Cardo

Não é de hoje que as redes de varejo monitoram tudo o que os clientes fazem dentro de suas lojas e em suas compras virtuais. Desde as formas mais básicas de registro de dados de compras em lojas físicas a partir de programas de relacionamento vinculados ao CPF, cruzando com informações de hábitos de compras em plataformas de e-commerce, os algoritmos estão todos ativados para oferecer informações preciosas sobre suas preferências. Em locais mais sofisticados em termos de tecnologia, as gôndolas são equipadas com sensores e câmeras que acompanham as movimentações pelos corredores.

Novas soluções foram lançadas recentemente ampliando muito a capacidade de captar mais informações e com mais relevância. Uma delas é a Trollee, criada pelo iFREE Group, de Hong Kong, com uma solução desenvolvida junto com a Veea, empresa que usa tecnologia da Qualcomm, que trabalha com soluções de conectividade e integração de casas e cidades inteligentes.

Trollee é uma plataforma no formato de um carrinho de compras inteligente, altamente avançada, que oferece uma das soluções de varejo inteligente mais moderna por meio da computação em nuvem, Internet das Coisas (IoT), Inteligência Artificial (AI), sistemas de posicionamento interno, publicidade digital contextual e outras tecnologias fornecidas pela plataforma VeeaHub da Veea, que revolucionará o varejo de supermercados ao unir a jornada e as experiências do cliente on-line para off-line (O2O). 

(Crédito: Trollee)

Parece complicado ter tanta tecnologia embarcada num carrinho de compras, mas para o consumidor é bem tranquilo. O conceito da solução é mapear toda jornada de compras nas redes de varejo: por quais corredores andam os clientes, quais produtos pegam nas gôndolas, como preferem fazer o checkout. Enquanto o cliente está nessa viagem pela loja, receberá em tempo real as ofertas pontuais, descontos e informações sobre os produtos. Muito similar aos carrinhos das lojas online que captam seus dados de navegação para oferecerem produtos complementares e adicionais.

Para as redes de varejo, significará redução de custos operacionais e melhor previsibilidade de estoques, além de proporcionar melhor satisfação para os clientes. Tudo em tempo real.

Segundo Marcus Gava, diretor da Veea no Brasil, “a plataforma integrada da Trollee conta com moderno sistema de conectividade em sua infraestrutura para captar todas as informações dos consumidores. Os clientes usarão este dispositivo de compra pessoal virtual como um concierge para buscar recomendações, descontos e análises de produtos para tornar suas experiências na loja únicas, memoráveis, envolventes, divertidas e, o mais importante: fáceis.” A plataforma foi lançada em setembro de 2021 e está sendo apresentada às redes de varejo, sem ainda uma data para chegar ao Brasil.

(Crédito: Trollee)

ATIVAR UMA LOJA INTELIGENTE PODE SER MAIS FÁCIL DO QUE SE IMAGINA

Ulisse é mais uma empresa com oferta de serviços de suporte ao varejo, com o uso de sensores, IoT (internet das coisas) e cloud computing. A empresa está lançando na CES 2022 as tecnologias Only Radar e Computer Vision Platform, que transformam todos os espaços das lojas em áreas inteligentes. O modelo de negócio que oferece prevê o uso de equipamentos que podem ser facilmente instalados nas lojas pelos próprios usuários para mapearem as atividades das pessoas que transitam na loja. 

A solução funciona como um radar, não usa câmeras, favorecendo as questões de privacidade. Toda a movimentação dos clientes é registrada como espectro e gera dados que abastecem a plataforma de IoT e de inteligência artificial. 

Os relatórios mostram as preferências dos consumidores e também a interação com o pessoal que trabalha na loja. Desta forma, os algoritmos proverão informações que podem ser usadas para melhorar a oferta e posicionamento dos produtos nas lojas, além de auxiliarem na segurança, evitando furtos.

“À medida que o mundo pós-pandêmico começa a emergir com mais pessoas buscando experiências fora de suas casas, é óbvio que o mercado precisa reaprender a interpretar essas experiências e comportamentos das pessoas”, disse Luca Nestola, CEO da Ulisse. “Entender a experiência humana é um aspecto fundamental para a estruturação de pontos de vendas e de cidades, e será uma parte importante da equação à medida que avançamos. O Ulisse faz isso por meio de sua tecnologia e análises.”

Os sensores são conectados em redes 4G com cartão de dados móveis, e podem ser facilmente instalados pela loja, no forro e nas paredes, cobrindo os locais de trânsito dos clientes. O sistema é todo modular e atende a múltiplas dimensões de espaços. O tempo de setup da solução é de apenas 5 minutos. 

Fonte: Fast Company Brasil