Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » Importados e pets são setores que mais cresceram online na pandemia

Importados e pets são setores que mais cresceram online na pandemia

Segmentos tiveram expansão em torno de 90% no número de acessos; de 15 setores analisados, 10 cresceram mais de 30% na comparação anual

Por Redação

Ocomércio eletrônico brasileiro registrou resultados expressivos durante a crise sanitária. De acordo com levantamento do Relatório E-commerce no Brasil, da agência da Conversion, dos 15 setores analisados, 10 apresentaram aumento de acessos de mais de 30% no Year over Year (YoY), com ênfase para o segmento de Importados (+91,72%).

A Shopee, e-commerce asiático de importados, teve o maior índice de crescimento dentre os maiores players da categoria, no último mês, atingindo +1954%, em comparação a 2020. Na sequência, aparece a Shein, com a taxa de +530%.

Crédito: Conversion

Crédito: Conversion

Em seguida, as categorias que mais cresceram durante os últimos doze meses foram: Pets (+88,04%), Casa & Móveis (+86,62%), Farmácia & Saúde (+65,22%) e Moda & Acessórios (+63,18%), formando o top 5. Já no comparativo mensal, todos os setores apresentaram aumento, exceto o de Turismo, que teve uma queda de -18% em relação a fevereiro e -8,79% considerando o ano anterior.

Crédito: Conversion

Crédito: Conversion

Confira o ranking geral da Conversion:

Dos 217 sites analisados, mais de 70% apresentaram acréscimo tanto anual como mensal. A pesquisa demonstra que no top 50 sites com maior avanço anual, 9 compõem a categoria de Casa & Móveis, comparando o período de março de 2021 e março de 2020.

Completado um ano da pandemia, é possível observar as alterações no comportamento dos consumidores. O relatório aponta que o comércio digital alcançou a marca de 1,66 bilhão de acessos em março de 2021, número que representa um aumento de 40% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Importados

A categoria é formada por 10 sites estrangeiros que entregam produtos no Brasil e foi responsável por 1,28 bilhão de acessos durante o período de março de 2020 a março de 2021. Já no comparativo mensal, o setor cresceu mais de 16% em março, em relação ao mês anterior.

Pets

Dos 10 sites do setor de pets analisados no relatório, sete apresentaram crescimento no YoY. A maior taxa de concentração de acessos do mercado (94,47%) está entre os três principais players: a Petz, que retém o primeiro lugar no ranking, seguido de PetLove e Cobasi, respectivamente.

A categoria totalizou 170,06 milhões de acessos nos últimos 12 meses. E ao apurar o comparativo por mês, o departamento cresceu mais de 13,44% em março, em relação ao mês anterior.

Leia também: Petz lança marketplace de produtos importados para bichos de estimação

Casa & Móveis

A categoria é composta por 16 sites focados em construção, artigos para casa e móveis. Desse total, 12 mostraram acréscimo acima de 50% em março deste ano comparado ao mesmo período de 2020.

Segundo o estudo, no comparativo mensal, é possível notar um crescimento de mais de 15,07% em março, em relação ao mês anterior. Nos últimos 12 meses, o setor atingiu a marca de 782,22 milhões de acessos, de acordo com o relatório da Conversion.

Farmácia & Saúde

Dos 11 websites focados em farmácia e suplementação verificados, oito apresentaram aumento no YoY, sendo cinco com crescimento superior a 50%. Quanto ao comparativo mensal, o segmento cresceu mais de 18,83% no último mês, em relação a fevereiro. A Conversion ressalta também que a categoria somou 564,58 milhões de acessos no período de um ano (março/20 a março /21).

Moda & Acessórios

De acordo com o levantamento, 34 dos 36 sites analisados do segmento de Moda e Acessórios tiveram aumento em março de 2021 comparado com o mesmo período do ano passado e, desse total, em 18 websites, o crescimento foi acima de 50%. Já no comparativo mensal, o setor demonstrou crescimento de mais de 10% no último mês, em relação a fevereiro.

Comparativo pré-pandemia

Ainda segundo o levantamento, que comparou fevereiro de 2020, período pré-pandemia, com março de 2021, o setor de Farmácia & Saúde liderou o lista de categorias com maior crescimento durante este tempo, somando 120,67%, seguido de Pets (+102,25%) e Comidas & Bebidas (+95,55%). Na quarta posição consta Importados (+75,79%), seguido pelos setores de Casa & Móveis (+74,79%) e Moda & Acessórios (+52,52%), respectivamente.

Comércio eletrônico pelo celular

Em março, o mobile foi o meio preferido pelos consumidores para acessar os e-commerces, registrando 66,5% das visitas totais.

Crédito: Conversion

O levantamento ainda destaca que dados relacionados a fontes de tráfego, como canal de busca (orgânico e pago), possuem a maior parcela do tráfego (47,3%), evidenciando a importância de as marcas estarem bem posicionadas nos buscadores.

Fonte: E-Commerce Brasil