Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » Dia dos Namorados: shoppings vão superar e-commerce

Dia dos Namorados: shoppings vão superar e-commerce

Levantamento da Spot Metrics indica preferência pelo varejo físico e mostra principais categorias de produtos para a data

Por Maria Clara Dias

A chegada do Dia dos Namorados já anima boa parte dos consumidores brasileiros, e a maioria da população pretende fazer compras na data, mostra um levantamento da Spot Metrics, startup de inteligência de dados para o varejo físico, em parceria com a 121 Labs. De acordo com a pesquisa, 71% dos consumidores irão buscar presentes e, destes, 15% devem aproveitar as promoções para si mesmos.

Em termos de modalidade de compra, a expectativa é que a retomada do varejo físico e a disposição de compradores levem a clientela de volta aos shoppings centers. Segundo a Spot Metrics, os shoppings devem superar o e-commerce, com 49% das vendas, ante 26% das compras digitais.

As informações indicam certo otimismo para uma recuperação do varejo de shopping aos níveis pré-pandemia e cria oportunidades para que lojistas possam atrair compradores a partir da preparação e diferenciação, destaca o CEO da Spot Metrics, Rafael Carvalho.

“É uma oportunidade que há muito tempo não tínhamos. Tanto os consumidores, que ainda estão carentes de experiências memoráveis, quanto os varejistas, que não tinham previsibilidade para montar estoques, linhas de produtos e estruturar a equipe adequadamente, agora podem esperar ansiosos os casais apaixonados”.

Neste ano, a categoria de roupas está em primeiro lugar entre as intenções de compra, com 21% das respostas. Em seguida estão os jantares e comemorações (19%) e calçados, bolsas e acessórios (11%).

Ao avaliar que as duas primeiras categorias da lista, juntas, têm mais de 40% das intenções de compra, Carvalho aponta para um reflexo direto do interesse de casais em ter novas experiências no pós-pandemia. “A ida dos casais para as ruas mostra também a busca por algo diferente do que passamos em 2020 e 2021, quando os jantares foram em casa ou até por vídeo chamada. Os apaixonados deste ano anseiam por novos ares”, diz.

Promoções importam

Ofertas serão o principal critério de escolha para que um comprador decida levar ou não um presente neste Dia dos Namorados. Segundo a pesquisa, as promoções e descontos serão vitais para 50% dos respondentes. Contudo, na contramão da crise e do hábito de buscar os melhores preços, 44% irão buscar maior qualidade e melhores marcas.

Fonte: Exame