Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » Carrefour Revigora Hipermercados

Carrefour Revigora Hipermercados

 Segundo Geraldo Monteiro, Diretor de Operações da companhia, a expectativa é que a fatia de mercado aumente através de distintas movimentações

Por Bruna Soares

 Dentre as metas do Grupo Carrefour Brasil para o ano, destaca-se o aumento de market share de seu hipermercado. Segundo Geraldo Monteiro, Diretor de Operações da companhia, a expectativa é que a fatia de mercado aumente através de distintas movimentações. “O Extra era uma bandeira forte no mercado. Os clientes que estavam com o Extra gostam do modelo hipermercado e queremos que eles elejam o Carrefour Hiper para promover essa troca. Concentraremos esforços nas lojas mais próximas aos fechamentos, tirando dúvidas dos consumidores e oferecendo melhores condições financeiras”, destaca o executivo, em entrevista exclusiva ao Jornal Giro News. A companhia opera 100 hipermercados em 48 cidades, de 13 estados e do Distrito Federal.

One Stop Shop
  A estratégia também inclui novas dinâmicas de preços. “Queremos nos aproximar cada vez mais do preço do atacarejo, sem perder nossos diferenciais. Não queremos transformar em atacarejo, e sim ter um hiper competitivo com todos os serviços que podemos oferecer.” O Carrefour vê no formato a possibilidade de efetivar o conceito de “one stop shop”. Para o diretor, o modelo é estratégico por oferecer amplitude de sortimento e opções de preços, além de galerias e serviços adicionais como drogaria e posto de gasolina. “Uma força do hipermercado é atrair pelo alimentar e vender também o não alimentar”, destaca Geraldo. Em São Paulo, a parte alimentar puxa a performance das lojas. Já em outras localidades, principalmente nas regiões Nordeste e Centro-Oeste, os destaques são os setores de bazar, eletro e têxtil.

Lojas Recebem Novidades
  Nos últimos anos, a companhia focou o plano de expansão nas bandeiras de cash & carry e proximidade. Por sua vez, o Carrefour Hiper tem passado por atualizações e investido em apoio para fornecedores regionais. “Reformamos, em média, 25 lojas por ano, ou seja, a cada quatro anos, revitalizamos quase todas as unidades. Agregamos inovações mercadológicas, do Grupo ou que a situação atual demanda.” Dentre as novidades implementadas nas últimas reformulações, estão o agrupamento das bebidas alcoólicas e a ampliação da seção de congelados. “Em 2021, foram 24 reformas e, neste ano, serão aproximadamente 20. Outro principal objetivo para 2022 é a aprovação da integração com o Grupo Big pelo Cade. Estamos aguardando”, conclui Geraldo. Após a recomendação de aprovação da Superintendência-Geral do Cade, a operação será analisada pelo Tribunal até junho de 2022.

Fonte: GiroNews