Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » A estratégia da Renner com sua coleção 100% digital

A estratégia da Renner com sua coleção 100% digital

Varejista usou desenvolvimento 3D para criar as peças e simular cor, textura e estampas, além de lançar os produtos em uma loja virtual

Por Taís Farias

A Renner está reunindo as ferramentas tecnológicas disponíveis em sua operação para lançar uma coleção cápsula, criada de forma 100% digital por meio de desenvolvimento 3D. A peças serão dispostas em uma loja exclusiva em realidade virtual e vendidas no e-commerce a partir da sexta-feira, 1º, e entregues nas casas dos clientes.

A coleção é composta por 15 peças, que formam nove looks. “No caso de uma coleção cápsula, podemos cocriar com o público oferecendo tendências de moda em pequena escala e, a partir da aceitação, fazemos a aposta de produtos”, conta Fernanda Feijó, diretora de estilo da Lojas Renner S.A.

O objetivo central da ação é reunir as tecnologias que a varejista já usa nos processos de desenvolvimento de produtos e vendas. Para a coleção cápsula, foram usados softwares de modelagem e simulação de tecidos, texturas e estampas. Já a prova das roupas foi realizada em um manequim virtual, sem o uso de amostras físicas. A proposta é reduzir custos, tempo e minimizar o impacto ambiental.

“A simulação realística do físico e visual é uma etapa fundamental para que possamos validar os produtos trazendo segurança e agilidade no processo decisório de desenvolvimento da coleção. Na Renner, temos um hub de moda digital dedicado a isso e nele fazemos uso de equipamentos de escaneamento de alta precisão e softwares que auxiliam em todo este processo”, explica Fernanda Feijó.

A proposta tecnológica não se limita ao desenvolvimento das peças. A companhia criou uma loja 3D Renner, com realidade virtual, para que os consumidores possam interagir com os produtos e ver os detalhes. Lá, é possível visualizar o item em 360°. O sistema é integrado ao e-commerce da companhia. Maria Cristina Merçon, diretora de marketing corporativo da Lojas Renner S.A, fala sobre os desafios de criação da loja. “Para a construção de uma loja 3D, um dos principais desafios é construir uma proposta inovadora e diferente de uma loja física normal, adaptando a nova jornada de compra do cliente e propondo uma experiência imersiva de realidade virtual”, opina.

O trabalho de provar as peças e apresentá-las para os consumidores nas redes sociais será uma responsabilidade de Rennata, persona digital da Renner. “O mundo digital pode ser desafiador para alguns perfis de consumidores, principalmente aqueles que não são nativos digitais, então a Rennata tem como papel principal humanizar ainda mais a relação deles com a nossa marca e fazer com que as pessoas se sintam tão confortáveis durante as compras online, quanto se sentem na loja física”, destaca a diretora de marketing corporativo.

Fonte: Meio & Mensagem