Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » Wine.com.br prepara abertura de lojas físicas

Wine.com.br prepara abertura de lojas físicas

O grupo capixaba W2W, dono da Wine.com.br, maior e-commerce de vinhos da América Latina, é o mais novo proprietário da importadora e distribuidora de vinhos Bodegas. Segundo um porta-voz da empresa, a aquisição da Bodegas é um marco importante na história da Wine, pois inicia a transição para a plataforma all line, que engloba online, off-line e vida real, e que vai beneficiar ainda mais o relacionamento com os consumidores. As negociações finais ocorreram no mês de abril e o valor da transação foi mantido em sigilo.

De acordo com o sócio e CEO da Wine, Rogério Salume, a Bodegas é uma empresa solida e com muita credibilidade no mercado e será integrada à plataforma Wine.com.br. A previsão é que o faturamento da nova unidade dobre a cada ano e que, em cinco anos, o negócio represente 40% da receita da Wine.com.br.

Unidade de Curitiba da Garage Vinhos. Crédito: Reprodução.
Unidade de Curitiba da Garage Vinhos. Crédito: Reprodução.

Nascida no Espírito Santo, a Wine ainda mantém sua sede no estado. Segundo o porta-voz, a empresa está sempre pensando em seus conterrâneos e, quanto ao mercado capixaba, vai levar uma nova opção de interação dos clientes com o universo do vinho, ampliando sua experiência. Isto porque os consumidores poderão fazer compras também em espaços físicos. Batizadas de “Garage”, os estabelecimentos foram lançados pela Bodegas em Curitiba e Porto Alegre e agora serão implantadas em todo o Brasil.  “São lojas com ambientes aconchegantes e a oportunidade do cliente se sentir bem em descobrir sobre o universo do vinho, sem falas complicadas ou ambientes pomposos demais. Queremos aproximar o vinho das pessoas, e proporcionar experiências marcantes para um público mais amplo”, disse o porta-voz.

A primeira loja no Espírito Santo será inaugurada ainda em 2018, começando pela capital, Vitória. Em um segundo momento, novas unidades serão implantadas em outros municípios da Grande Vitória e, posteriormente, haverá expansão para outras localidades do Estado. No Brasil, de acordo com Salume, a meta é chega a 100 lojas em cinco anos.

Fonte: ES Hoje