Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » Nos EUA, Walmart vai abrir o mínimo de lojas para focar na internet

Nos EUA, Walmart vai abrir o mínimo de lojas para focar na internet

O varejista americano Walmart vai manter a estratégia de se concentrar nas lojas domésticas já abertas e no crescimento do comércio eletrônico para aumentar as vendas nos Estados Unidos, como estratégia para se adaptar ao aumento dos negócios on-line.

Em um encontro com investidores, os executivos disseram que o Walmart manterá as aberturas de lojas nos EUA no nível mínimo. No próximo ano fiscal, que termina em janeiro de 2019, o maior varejista do mundo planeja abrir menos de 25 lojas nos EUA, abaixo das 230 lojas inauguradas no ano fiscal de 2016. Entretanto, a empresa anunciou que abrirá 255 novas lojas em outros países, com foco no México e na China.

Para os EUA, a empresa planeja gerar receitas concentrando-se no negócio de comércio eletrônico. No ano que vem, a companhia informou que a receita americana de vendas on-line crescerá cerca de 40%.

O Walmart também espera que o lucro ajustado por ação de 5% no ano fiscal de 2019 supere o crescimento das vendas de cerca de 3%, um sinal positivo para a empresa, que recentemente teve dificuldades para aumentar os lucros devido aos investimentos no comércio eletrônico.

A empresa manteve as projeções de lucros ajustados por ação para o ano fiscal em curso, entre US$ 4,30 a US$ 4,40.

A companhia também anunciou um novo programa de recompra de ações de US$ 20 bilhões, que pretende usar nos próximos dois anos.

 

Fonte: Valor Econômico

Tweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Facebook