Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » Walmart amplia vendas online em 33%

Walmart amplia vendas online em 33%

O Walmart, maior rede de varejo do mundo, reportou nesta quinta-feira (17) uma melhora do seu negócio de comércio eletrônico nos Estados Unidos, além de lucro e receita que superaram as expectativas. As vendas do comércio eletrônico do Walmart cresceram 33% durante o primeiro trimestre encerrado em 30 de abril, acima da alta de 23% nos três meses anteriores. A empresa disse que caminha para aumentar em 40% as vendas do comércio eletrônico nos EUA no ano todo.

O salto do comércio eletrônico veio após uma forte desaceleração durante o crucial trimestre das festas de fim de ano, que levou as ações a caírem mais de 10% e tirou US$ 31 bilhões de seu valor de mercado. Investidores estavam preocupados de que a varejista não conseguiria manter o ritmo com a rival Amazon.com.

“O supermercado online continuou a acelerar e nós também temos novas marcas no comércio eletrônico, incluindo a parceria com Lord and Taylor, então tem muitas coisas diferentes gerando crescimento lá”, disse o vice-presidente financeiro, Brett Biggs, em uma entrevista. Ele disse que a entrega em dois dias impulsionou o crescimento, e que o novo desenho do site Walmart.com também ajudou no fim do trimestre.

As vendas internacionais subiram 4,5%, para US$ 28,3 bilhões em uma base de moeda constante, ajudada por uma Páscoa mais cedo no ano, disse Biggs.

O Walmart está em processo de ajuste de seu portfólio de negócios internacionais e recentemente anunciou que vai comprar uma fatia de 77% na empresa indiana de comércio eletrônico Flipkart, por US$ 16 bilhões, no maior acordo da história da companhia, para competir com a Amazon.com em um mercado de crescimento importante. A empresa também planeja vender uma participação majoritária na rede de supermercados britânica Asda Group para a J Sainsbury.

O Walmart também chegou recentemente a acordos para vender suas operações bancárias no Walmart Canada e no Walmart Chile, disse a empresa nesta quinta-feira. Excluindo itens especiais, o lucro ajustado do Walmart foi de 1,14 dólar por ação, acima da média das estimativas de analistas, de 1,12 dólar, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

As vendas em lojas dos EUA abertas há pelo menos um ano subiram 2,1% excluindo combustível, em linha com a previsão de analistas, de acordo com o Consensus Metrix. O Walmart registra há quase quatro anos seguidos de crescimento nos Estados Unidos, algo que nenhum outro varejista conseguiu.

O aumento das vendas comparáveis foi impulsionado por um salto no preço dos itens vendidos e pelo comércio eletrônico.

A receita total aumentou em 4,4%, para US$ 122,7 bilhões, superando a estimativa de analistas, de US$ 120,5 bilhões.

Nesta manhã, as ações da empresa subiam 0,4% na bolsa de Nova York.

Fonte: G1