Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » Usaflex planeja abertura de mais de cem lojas

Usaflex planeja abertura de mais de cem lojas

A Usaflex, fabricante de calçados com foco em conforto, planeja ampliar seu parque de lojas das 227 unidades existentes no fim de 2019 para 340 até 2023. Neste ano, a companhia estima uma abertura líquida de 53 lojas, chegando a um total de 280 unidades. A companhia opera apenas com lojas de franquia e compete com marcas como Alme, da Arezzo, e Picadilly, da A.Grings.

“Nosso plano é chegar a 340 lojas, mas hoje temos procura suficiente para abrir 400 lojas no país”, afirmou Sergio Bocayuva, presidente da Usaflex.

O executivo estima que, em receita, a companhia terá crescimento de 16,6% neste ano, chegando a R$ 455 milhões. No ano passado, o aumento foi de 14,8%, atingindo R$ 390 milhões. Em volume, a previsão é manter neste ano o mesmo ritmo de crescimento de 2019, de 14,8%.

“A receita cresce acima disso graças à perspectiva de aumento nas vendas de produtos de maior valor agregado”, disse Bocayuva.

O executivo acrescentou que as vendas crescem principalmente nas lojas de franquia. Nas multimarcas, as vendas ficaram estáveis, segundo o executivo. No mercado internacional, a Usaflex possui 17 lojas e prevê abrir oito unidades neste ano, chegando a um total de 25. Bocayuva disse que as vendas no exterior responderam por 8% do total em 2019, com expectativa de chegar a 10% neste ano.

Em 2019, a previsão inicial da Usaflex era crescer 22% em vendas, chegando a R$ 415 milhões, mas o desempenho ficou abaixo do esperado. “Tínhamos uma perspectiva muito positiva no início do ano passado, mas que acabou não se confirmando. O mercado se mostrou mais difícil. Mas ainda conseguimos um crescimento bem acima da média do mercado, ganhando participação”, afirmou Bocayuva. Em relação ao número de lojas, a Usaflex fechou 2019 com menos lojas do que as 236 esperadas.

No começo de 2019, a companhia, controlada pela gestora de fundos de investimento Axxon Group, reduziu o número de fábricas de sete para quatro, mas ampliou a capacidade de produção de 4,5 milhões para 6,2 milhões de pares de calçados por ano.

A produção está concentrada na região do Vale do Paranhana (RS). Bocayuva disse que a empresa reduziu em 10 pontos percentuais o custo de produtos vendidos com a mudança no parque fabril e que essa queda em custos vai se refletir em maior rentabilidade para a empresa e para os lojistas neste ano.

Bocayuva disse também que as mudanças no parque fabril foram feitas sem demissões. Os funcionários das unidades desativadas foram transferidos para o município de Campo Bom. Ao todo, a companhia investiu R$ 25 milhões entre 2017 e 2019 na modernização do parque fabril.

Neste ano, a Usaflex planeja investir R$ 15 milhões na modernização das fábricas e, entre 2021 e 2023 o plano é aportar mais R$ 30 milhões em recursos, chegando a um total de R$ 70 milhões na modernização fabril. (CB)

Fonte: Valor Econômico