Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » Sterna Café investe na transformação digital

Sterna Café investe na transformação digital

A Sterna Café, franquia de cafés especiais, anuncia sua transformação digital, em parceria com o hub 4All. As mudanças englobam pedidos por QR Code, wallet digital, market place integrado ao e-commerce, modelo take away, pré pedido e programa de fidelidade pelo app. “Há três meses instalamos as tecnologias. Percebemos que 7% dos consumidores que impactamos, voltam. Nosso objetivo é implementar todo mês uma tecnologia nova nas lojas e, em breve, também teremos um robô para conversar com os clientes nas unidades”, explica Deiverson Migliatti, fundador da franquia, com exclusividade para o Jornal Giro News. As ferramentas estão em prática na filial do Hospital Sabará, em São Paulo.
Cafés Especiais
  Uma vez por mês, as lojas oferecem ao público uma opção inédita de grãos de diversos locais do mundo, como por exemplo, da África do Sul, Costa Rica, Etiópia, entre outros. “O mercado de cafés comodities, no Brasil, está crescendo 4% ao ano, o café básico, porém, o café que eu trabalho, o premium,  cresce 20% ao ano. O brasileiro é muito curioso com diferentes métodos de extração, só conhece o expresso, mas temos diversos outros métodos e damos essa oportunidade de experimentar essas opções de extração”, diz Migliatti. O diferencial da franquia está nos preparos da bebida, como os métodos Clever, French Press e o Hario V60.
Expansão
  Com 42 lojas próprias abertas e 20 em obras, a Sterna Café quer expandir via franquia – são 62 franqueados com meta de chegar a 100 até o fim deste ano. “Nosso foco atualmente é a capital de São Paulo, onde nascemos e onde estamos crescendo cada vez mais. Estamos preparados para todo o Brasil e para fora do país, como exemplos, Portugal e Espanha”, ressalta o presidente da franquia. A meta da Sterna é crescer 30% em faturamento em relação a 2018. A rede oferta os modelos de franquia: to go (R$ 179.000), quiosque (R$ 210.000), loja (R$ 278.000) e bistrô (R$ 830.500).

Fonte: GiroNews