Twitter Facebook Linkedin
Home » Snapshot » Snapshot dezembro 2020

Snapshot dezembro 2020

Snapshot SBVC - Dezembro 2020

 

A americana National Retail Federation –NRF, referência mundial em varejo, publicou agora no começo de Dezembro artigo onde lista as dez principais tendências para o varejo para o ano de 2021 e que, de forma resumida, são:
•DTC–Direct to Consumer. As marcas vendendo diretamente ao consumidor, explorando o crescimento do e-commerce e procurando diferenciação
•Transformação da cadeia de suprimentos –impulsionada pelo fortalecimento do 5G e sustentada por investimentos significativos em soluções digitais
•Livestreaming passa a incorporar estratégias de varejo –consumidores aspiram por uma conexão com suas marcas e as ações ao vivo podem suprir esta necessidade
•Adoção de tecnologia robótica, robôs de entrega de alimentos e veículos autônomos não constituem novidade mas deverão crescer fortemente a partir do próximo ano
•Evolução dos Shopping Centers –o redesenho do shopping mall se dará através da criação de espaços com superfícies menores, mais atraentes e sincronizadas com as necessidades dos consumidores
•Redução do toque –mais compras virtuais, mais pagamentos sem contato, mais realidade aumentada e mais realidade virtual
•Social Commerce–forte crescimento do varejo através de redes sociais. Entre 2020 e 2024 este tipo de varejo deve crescer a uma razão média anual de 31%, liderados por Facebook, Instagram, Twitch, TikTok, Pinterest e Spotify
•Manufatura on-demand deve crescer especialmente no setor de moda apoiada no crescimento do DTC
•A transformação digital está apenas começando –fortemente marcado pelo ano de 2020 com todas as suas peculiaridades a transformação digital atinge o varejo em cheio e escancara a evolução que se inicia
•O consumidor espera por alternativas a ter que pagar o valor total do produto. Modelos que preveem o aluguel de móveis e equipamentos estarão em alta
•Adicionalmente, o varejo terá um grande desafio que é contornar as regulamentações ligadas à privacidade e medidas de conformidade. Como trabalhar os dados e como encontrar o que chamam de novo Santo Graal da segmentação de clientes.
Muita coisa pra pensar, especialmente para aqueles que querem e precisam ajustar seus negócios para enfrentar os tempos desconhecidos que vêm pela frente.