Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » Quatro brasileiras estão entre as 250 maiores varejistas globais

Quatro brasileiras estão entre as 250 maiores varejistas globais

A pesquisa ‘Poderosos do Varejo Global 2020’, da Deloitte, aponta que quatro empresas brasileiras figuram entre 250 maiores varejistas do mundo. A Via Varejo estreia no ranking deste ano como a empresa nacional mais bem posicionada, na 143ª colocação, seguida pelas Lojas Americanas (211ª), Magazine Luiza (238ª) e Raia Drogasil (239ª).

Apesar da Via Varejo ter entrado na pesquisa neste ano, a empresa já conquistou a primeira posição entre as brasileiras.

“A presença de grandes varejistas brasileiras no ranking mundial é um sinal bastante positivo que aponta para uma retomada gradual do crescimento da economia no Brasil. A tendência é que haja uma melhora cada vez maior no quadro econômico do País, e principalmente um aumento da confiança dos consumidores que será muito importante não só para o setor de varejo, mas de modo geral”, avalia Reynaldo Saad, sócio-líder da Deloitte para Bens de Consumo e Produtos Industriais.

Principais destaques da pesquisa:

  • A receita mínima para uma empresa entrar no ranking das 250 principais é de US$ 3,9 bilhões, valor acima dos US$ 3,7 bilhões da pesquisa anterior;
  • A lista das 10 principais continua dominada por empresas americanas, sendo sete das dez organizações sediadas nos Estados Unidos;
  • A Europa tem o maior número entre as 250 principais varejistas. São 88 empresas com base na região (35,2%) e 34,4% de participação na receita da lista;
  • Os 10 maiores varejistas do mundo apresentam operações mais globais, em aproximadamente em 13 países, contra a média geral de dez países para o Top 250;
  • Os varejistas europeus continuam sendo os mais ativos globalmente à medida que buscam crescimento fora de seus mercados domésticos;
  • O FMCG (bens de grande consumo) continua sendo o maior setor de produtos. Suas 136 empresas (54,4% do total) geraram 65,5% da receita de varejo no ano fiscal 2018;
  • O comércio eletrônico tem gerado alto crescimento da receita de varejo entre as 50 empresas que mais crescem.

Crescimento de 4,1%

De acordo com o levantamento, que levou em consideração o ano fiscal de 2018 (encerrado em junho de 2019), as 250 maiores varejistas globais geraram receitas agregadas de US$ 4,74 trilhões (cerca de R$ 20,6 trilhões), representando um crescimento composto de 4,1% em relação ao ano anterior.

A varejista norte-americanas Walmart aparece na primeira posição do ranking global mais uma vez. As empresas Costco e Amazon estão entre as que fazem parte do Top 10 da pesquisa. Para acessar o estudo completo em inglês, acesse a página da pesquisa ‘Poderosos do Varejo Global 2020‘.

Fonte: E-Commerce Brasil