Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » PIX: você precisa entender o que é

PIX: você precisa entender o que é

Novo sistema de pagamentos terá um forte impacto positivo sobre toda a sociedade brasileira

Por Wagner Aguado

O Banco Central lançou recentemente uma nova regulamentação que afetará positivamente toda a sociedade brasileira. Profissionais do mercado financeiro, da indústria de pagamentos, prestadores de serviços, empregadas domésticas, cidadãs e cidadãos de todas as classes sociais, e claro, o varejo, tanto de lojas físicas quanto o e-commerce, se beneficiam de um método instantâneo de pagamento e de transferência de recursos entre pessoas, empresas, autônomos, profissionais liberais, governo, etc. Com o PIX, tudo se passará eletronicamente, inclusive por celular, substituindo até mesmo os cartões de débito na hora de pagar o pão na padaria, por exemplo.

Imagine transferências de dinheiro ou pagamentos de contas ocorrendo em segundos, sem burocracia. Imagine você enviando dinheiro para alguém que está a milhares de quilômetros de distância a qualquer hora do dia ou da noite, em segundos, sempre de maneira prática e segura.

Essa solução deverá substituir alguns produtos bancários atuais, como o DOC e o TED, a um custo bem menor (essa é a expectativa). A implantação do PIX está prevista para o dia 16 de novembro, mas já no próximo dia 3 poderemos observar o início dessa revolução em operação restrita.

O PIX não envolve as operações de crédito, como os cartões de crédito, mas creio que será uma questão de tempo até surgir produtos nesta modalidade.

Parabenizo o Banco Central, que vem fazendo um trabalho admirável nos últimos anos em busca de promover competição num mercado tão concentrado.

Por Wagner Aguado, diretor do Comitê do Novo Mercado Financeiro da SBVC

 

Esse artigo também foi publicado em:

Industria Textil e do Vestuário