Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » JHSF explica ampliação do Catarina Fashion Outlet

JHSF explica ampliação do Catarina Fashion Outlet

Finalizada na última semana, a negociação entre a JHSF Participações e a XP Malls permitirá a expansão do Catarina Fashion Outlet, localizado no município de São Roque (SP). Segundo Thiago Alonso de Oliveira, presidente da JHSF, a decisão de aumentar o empreendimento, cujas obras devem começar até o próximo ano, visa atender a marcas nacionais e internacionais que ainda não possuem operação em um outlet e já manifestaram interesse pelo complexo.

“Vemos uma quantidade relativamente grande de marcas ainda sem operação em outlet e que possuem interesse no Catarina por uma série de fatores, como a questão geográfica e o posicionamento das grifes que [já] estão instaladas no local. Observando esse cenário, decidimos iniciar os estudos para a ampliação”, explicou.

Segundo Oliveira, quase 200 marcas revelaram o desejo de estar no Catarina Fashion Outlet. “Em 2020, já deveremos estar com essa expansão programada.  A abertura [da nova área] do shopping dependerá da execução da obra”, continua Alonso de Oliveira.

Anunciada em abril, a transação – de aproximadamente R$ 113,6 milhões e que elevou a participação da XP em 17,99 pontos percentuais, atingindo 49,99% do ativo – foi concluída no dia 24 de junho. “A Expansão 3 terá no mínimo 68% dessa etapa detidos pela [JHSF] Malls, tendo o XPML11 o direito de participar com os 32% restantes nas mesmas condições que as da Malls”, anunciou a JHSF à época.

Questionado sobre o potencial do Catarina e do segmento de outlets no País, Oliveira se mostra otimista. “Se olharmos o passado, podemos tentar fazer uma projeção do futuro. Inauguramos o Catarina em 2014, uma época em que o Brasil começou a decair e, ano após ano, o shopping cresceu e se expandiu. É um produto que se mostrou muito resistente em um cenário adverso. Quando o Brasil começou a melhorar, entre 2017 e 2018, o crescimento se acentuou. Baseados nessa análise do passado, temos uma visão positiva para o desempenho futuro.”

Avanço do e-commerce

A respeito da evolução do mercado virtual, Oliveira comenta os resultados do aplicativo do Shopping Cidade Jardim, lançado no último ano. Sem falar em números, ele diz que a experiência tem sido positiva. “Posicionamos o app como um serviço adicional para os lojistas”, explica. Além de ser uma facilidade aos consumidores, é um diferencial para os locatários. “Fazemos para o lojista, [pois] é importante que ele gire bem seu estoque”, salienta.

Outro serviço agregado pela JHSF recentemente é a logística da entrega, realizada por intermédio de parceiros, sem que o lojista tenha que se preocupar com a dinâmica. “Entendemos que ele não é uma pessoa especializada em distribuição. Portanto, nos colocamos nesse papel. Realizamos a logística e distribuição, assim o lojista mantém o foco nas vendas”.

Fonte: GriClub