Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » Uso de smartphones para compra duplica na população 60+

Uso de smartphones para compra duplica na população 60+

Estudo exclusivo SBVC mostra que 73% desse público tem hábitos de consumo digitais

Nos últimos 12 meses, o percentual de consumidores com mais de 60 anos que afirma usar o smartphone como um canal de compra duplicou, chegando a 47,8%. No total, 72,9% desse público realiza compras por meios digitais (computadores, celulares ou tablets), de acordo com a segunda edição do estudo Hábitos de Compra do Consumidor 60+, desenvolvido pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC) e pela AGP Pesquisas Estatísticas e já disponível para download AQUI.

O estudo também mostra que o uso de aplicativos como plataforma de compras praticamente dobrou em relação à edição anterior do estudo (realizada em 2017), saltando de 11,6% para 21,5%. “Não precisar sair de casa” e “poder comprar a qualquer hora” são os principais fatores de decisão para a compra online, ao lado de “preços mais competitivos que na loja física”.

“O envelhecimento da população brasileira torna cada vez mais importante entender como esse público se comporta e quais são suas expectativas. A edição deste ano do estudo confirma que os consumidores 60+ são altamente digitais, ainda que continuem indo às lojas físicas por uma questão de hábito e experiência de consumo”, afirma Eduardo Terra, presidente da SBVC.

O estudo também levanta alguns pontos de alerta. O principal deles é em relação à segurança das informações. “Segurança e confiabilidade ainda são entraves às compras online. Pouco mais de 55% dos que não compram online afirmam não se sentir seguros em informar seus dados bancários online, enquanto apenas 7,2% dizem não saber usar computadores ou smartphones”, revela Terra. “Os recursos de segurança foram implementados pelo varejo, mas falta comunicá-los de forma mais clara para os consumidores 60+”, explica.

O estudo mostra que esse é um público mais ativo, saudável e bem informado. Pelo tamanho que essa parcela da população irá representar nos próximos anos, é cada vez mais importante que o varejo entenda a evolução do público e busque soluções para atendê-lo.

A íntegra do estudo está disponível para download no site da SBVC. Acesse gratuitamente!

Fonte: Redação