Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » E-commerce espera faturar R$ 56,8 bilhões este ano e segmento atrai novos investidores em franquias

E-commerce espera faturar R$ 56,8 bilhões este ano e segmento atrai novos investidores em franquias

Este ano será lucrativo para o e-commerce mundial. Segundo relatório da Kantar Worldpanel, as lojas virtuais vão movimentar $53 bilhões de dólares em todo o planeta. No Brasil também não será diferente, de acordo com a ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico), o e-commerce nacional deve crescer 18% em relação a 2015 e faturar R$56,8 bilhões em 2016.
Isso porque o consumidor brasileiro está mais confiante para comprar pela internet. Uma pesquisa feita no país inteiro mostrou que só 8% dos entrevistados ainda têm medo de comprar no mercado virtual.
O SPC Brasil (Serviço de Proteção ao crédito) e a Confederação Nacional de Dirigentes lojistas, realizou outra pesquisa que alega que os preços na internet são melhores – 33% disseram que economizam tempo; 23% citaram como vantagem a facilidade para pesquisar produtos e comparar preços, e 19% o fato de poder comprar a qualquer hora. A pesquisa mostrou ainda que 93% das pessoas que compram online usam a internet há mais de três anos.
“A era digital fez com que o consumidor ficasse mais exigente e experiente. Cabe a nós, fornecedores, oferecermos segurança, qualidade e estrutura para atendê-los”, explica Williams Duarte, diretor de negócios da Só Varais.
Pioneira como franquia no segmento de varais indoor e outdoor no Brasil, a Só Varais presta serviços de venda, instalação e manutenção de varais. A comercialização dos produtos é feita quase que toda pela internet, mas o consumidor pode optar por comprar pelo telefone também. Mesmo utilizando a internet como ferramenta principal de venda, a rede possui unidade física que não funciona como uma loja, mas escritório.
A unidade piloto, localizada em São Paulo (SP), atende através de seu site, em média 500 clientes e produz 700 varais por mês, cerca de 25 a 30 por hora.
Mediante os bons resultados, investidores estão de olho neste mercado, como é o caso de Silvio Daniel Viana, que hoje é franqueado da Só Varais em São Paulo, mas para atender a região do ABCD, Zona Leste e do bairro do Sacomã, também na capital paulista. Inaugurada no final do ano passado, a unidade de Silvio depois de cinco dias de operação, passou a atender em média dois clientes por dia e hoje atende quatro.
A Só Varais entrou para o franchising no ano passado e quer expandir ainda mais. Para isso busca novos franqueados e espera conquistar 12 novas unidades até o final do ano.
Baixo custo operacional, rápido retorno de investimento e facilidade de operação, são uma das vantagens da marca. A garantia de retorno também é certeira. Outros diferenciais da rede para o franqueado são: transferência continua de know-how, fornecedores homologados, gestão da loja e treinamentos, assessoria na escolha do território de atuação, na negociação do ponto comercial e na implantação da unidade, além de treinamentos para capacitação e reciclagem.
Os interessados em abrir uma unidade da Só Varais devem realizar um investimento inicial a partir de R$ 128 mil.
“Todas as residências precisam de varais, mas a maioria das pessoas não sabe escolher o modelo mais adequado e instalar, por isso a procura por este tipo de serviço é grande”, comenta o diretor de negócios da rede, Williams Duarte.

Fonte: Portal Nacional de Seguros