Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » Casa Bauducco acelera expansão

Casa Bauducco acelera expansão

A Casa Bauducco, rede de lojas pertencente à Pandurata Alimentos, dona da Bauducco, acelera neste ano o seu plano de expansão. A companhia vai ampliar em 2018 a rede de atuais 36 unidades para 60. Em receita, a companhia estima crescer 116% no ano, saindo de R$ 37 milhões em 2017 para R$ 80 milhões neste ano.

Para 2021, a meta é chegar a 200 lojas. A expansão virá sobretudo de lojas de franquia. Até lá, a receita da companhia crescerá 233%, para R$ 265 milhões, estima Paulo Cardamone, diretor industrial e de marketing da Casa Bauducco.

Cardamone está à frente do negócio desde a sua concepção, em 2011. “A rede surgiu com o propósito de levar uma experiência diferente e manter a vivacidade da marca Bauducco o ano todo”, disse o diretor. As lojas funcionam como cafeteria e empório para a venda de produtos da marca Bauducco.

A Pandurata construiu uma unidade de produção em Guarulhos (SP), onde os produtos são feitos de forma artesanal. Os produtos e as embalagens são diferentes das linhas da Bauducco vendidas no varejo multimarcas. “A intenção é não haver conflito entre as lojas da Bauducco e o varejo que já era atendido pela companhia”, afirmou Renata Rouchou, diretora de expansão da Casa Bauducco.

As unidades de franquia demandam um investimento inicial de R$ 500 mil e geram um faturamento mensal entre R$ 120 mil e R$ 400 mil, dependendo da localização da loja. O prazo de retorno varia de um a três anos. “A loja também funciona como empório, o que gera uma receita maior em comparação a uma cafeteria tradicional. No período de Natal, por exemplo, as vendas triplicam”, disse Cardamone.

Atualmente, a rede possui 36 lojas, sendo 4 unidades próprias e 32 franquias. Renata disse que a companhia já fechou contratos para abertura de 31 lojas no ano, sendo 20 no primeiro semestre. A abertura de lojas será em São Paulo, no Rio de Janeiro, em Belo Horizonte, Curitiba, Florianópolis, Porto Alegre, Goiânia, Brasília e Salvador.

Além de unidades em shopping centers e lojas de rua, a Casa Bauducco estuda abrir lojas em aeroportos, hospitais e universidades. Cardamone disse que a rede aproveita a estrutura de distribuição da Bauducco para fazer a entrega dos produtos nas lojas.

A Pandurata Alimento é dona também das marcas Visconti e Tommy. O principal negócio da Pandurata é o panetone e as vendas são bastante concentradas no quarto trimestre do ano. A companhia, com sede em Guarulhos, é limitada e não divulga dados financeiros. Fontes do mercado estimam o faturamento da empresa em algo próximo a R$ 2 bilhões por ano.

De acordo com dados da consultoria Euromonitor International, a Pandurata Alimentos lidera o mercado de produtos de panificação industrializados, com uma participação de mercado de 49,6%. A empresa é seguida pelo Grupo Bimbo (dono de marcas como Pullman e Nutrella), com 15,5% de participação. A Wickbold, dona das marcas Wickbold e Seven Boys, é a terceira colocada, com 8,4% do mercado. A consultoria estima que o mercado de panificação industrializada encolhe 4,1% neste ano, para 106,5 mil toneladas. Em receita, a previsão é de uma queda de 3,2%, para R$ 3,44 bilhões.

 

Fonte: Valor Econômico