Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » Assaí leva GPA a crescer 7,5% no primeiro trimestre

Assaí leva GPA a crescer 7,5% no primeiro trimestre

O Grupo Pão de Açúcar informou nesta sexta-feira que a receita líquida com vendas subiu 7,5% no primeiro trimestre deste ano, na comparação com o mesmo período de 2017, totalizando R$ 11,3 bilhões. Em termos brutos, a receita avançou 7,6%, para R$ 12,3 bilhões.

As vendas no conceito “mesmas lojas” (em pontos em operação há mais de um ano) cresceram 4,4% em termos líquidos e 4,8% em termos brutos. Desconsiderando efeitos sazonais, as vendas mesmas lojas avançaram 2,4% em termos líquidos e 2,8% em termos brutos.

O principal destaque no período foi o Assaí, com crescimento de 25,2% da receita líquida, para R$ 5 bilhões. A receita bruta subiu 25%, para R$ 5,5 bilhões. No conceito mesmas lojas, a alta foi de 10,3% e 10,7%, respectivamente.

Segundo a companhia, a evolução das vendas no Assaí foi impulsionada pela abertura de 20 lojas, além do crescimento no conceito “mesmas lojas”. A conversão de 17 unidades da bandeira Extra contribuiu com o resultado. No trimestre, o Assaí apresentou um ganho de mercado de 3,8 pontos, segundo pesquisa da consultoria Nielsen.

A parte de multivarejo apresentou queda de 3,3% da receita em termos brutos, para R$ 6,8 bilhões, e de 3,5% em termos líquidos, a R$ 6,3 bilhões. O Grupo Pão de Açúcar atribuiu os resultados negativos à deflação de alimentos e o fechamento de unidades do Extra, convertidas em Assaí.

A empresa também destacou o incêndio ocorrido no centro de distribuição de produtos refrigerados, no final de dezembro, responsável pelo abastecimento de 496 lojas, que respondem por 13% das vendas. A perda estimada do ocorrido em janeiro e fevereiro é de R$ 200 milhões.

No conceito mesmas lojas, as vendas cresceram 0,7% em termos brutos e 0,4% em termos líquidos. Em março, com a implementação de ajustes na política comercial, as vendas “mesmas lojas” apresentaram alta de 11,8%, em termos brutos, revertendo as quedas ocorridas em janeiro e fevereiro.

A bandeira Extra Hiper registrou um recuo de 5,6% na receita bruta, para R$ 3 bilhões, mas um crescimento de 1,9% nas vendas “mesmas lojas”. Segundo o grupo, este o desempenho foi impulsionado pelas vendas de Páscoa e pelas categorias não alimentos, que tiveram avanço de dois dígitos, mas em um patamar menor que no primeiro trimestre de 2017.

O formato Extra Super tem apresentado desempenho abaixo do esperado pelo Grupo Pão de Açúcar, com a receita recuando 7% no primeiro trimestre, a R$ 1,1 bilhão. As vendas “mesmas lojas” caíram 4,5%. Segundo a companhia, a reversão deste resultado é prioridade. Entre as medidas a serem adotadas está a conversão de 20 lojas a um modelo “mais aderente ao perfil do público-alvo”.

A bandeira Pão de Açúcar teve crescimento de 2% das vendas e de 1% no conceito “mesmas lojas”, para R$ 1,8 bilhão, beneficiada por categorias sazonais e o relançamento da promoção “Juntou & Trocou”.

 

Fonte: Valor Econômico

Tweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Facebook