Twitter Facebook Linkedin
Home » Notícias » Clínica popular ganha espaço e vira opção de bom negócio

Clínica popular ganha espaço e vira opção de bom negócio

Com os custos da saúde cada vez mais elevados e o sistema público deixando muito a desejar, um negócio que tem ganhado espaço em todo o País são as chamadas clínicas sociais, que oferecem serviços por preços mais atrativos e não trabalham com planos de saúde. Na última segunda-feira (18), uma unidade foi inaugurada em Fortaleza e já atende cerca de 90 pessoas por dia, com consultas em mais de 30 especialidades médicas. O valor base do serviço é R$ 99 e tem sido bem recebido pelo público.
Quem viu a oportunidade de apostar no negócio foi o economista cearense Jurandi Magalhães, que trabalha com logística e decidiu investir em outra área. “A saúde é algo que resiste à crise, pois tem demanda. Estudei essa possibilidade por dois anos, período em que vi muitas queixas por conta dos altos custos e pelo atendimento ruim dos hospitais. Assim, mesmo em um momento de crise do País, montei o negócio e não poderia estar mais otimista”, ressalta o franqueado da Docctor Med – Clínicas Populares em Fortaleza.
Segundo Magalhães, que juntamente com alguns sócios investiu cerca de R$ 550 mil na criação da unidade, que conta com 19 consultórios, a expectativa é que o retorno financeiro aconteça em aproximadamente 24 meses, o que é considerado por ele um bom prazo. “Temos até plano de expansão”, revela. “Inauguramos recentemente e já temos uma boa procura pelos serviços. A nossa projeção é atender a cerca de 500 pessoas por dia ainda neste ano”, complementa.
Alternativa vantajosa
Localizada na rua Padre Barbosa de Jesus, em frente ao Banco do Brasil da Avenida 13 de maio, a unidade da Docctor Med em Fortaleza foi pensada, inicialmente, para atender uma parcela mais carente da população, como alternativa para a demora nos postos de saúde e para os altos custos dos hospitais particulares. Segundo Magalhães, porém, as classes C e B também têm procurado bastante a clínica, já que o atendimento diferenciado vem fazendo a diferença.
“As pessoas ligam, agendam uma consulta e, em até dois dias, já são atendidas. Essa agilidade é muito difícil de encontrar na saúde pública e privada do País”, comenta Jurandi Magalhães. “Não estamos administrando um mercadinho, mas um negócio que envolve gente, a saúde, e que precisa do melhor critério possível. Assim, além da qualidade dos profissionais e da agilidade, é importante focar no bom atendimento, no bem-estar dos clientes. Acho que isso é nosso grande diferencial”, completa. Ainda segundo Magalhães, a franquia, que com o empreendimento de Fortaleza já possui 22 unidades em todo o País, conta com especialidades como clínico geral, oftalmologista, dermatologista, radiologista, cardiologista, pediatra, ortopedista, vascular, psiquiatra, psicólogo, endocrinologista, otorrinolaringologista, médico do trabalho, entre tantos outros.
“A consulta base custa R$ 99, mas, para algumas consultas mais complexas, como neurologia, ela sobe um pouco”, pontua o franqueado. Além das consultas, a clínica popular também realiza exames laboratoriais, de imagem, eletrocardiograma, ultrassom, densitometria óssea e check-ups em geral, que, em sua maioria, são entregues no mesmo dia. “A crise não atua em todos os setores. Sendo feita direito, a saúde é dos melhores negócios”, diz Magalhães. (AL)

Diário do Nordeste on-line – CE